Como trabalhar fibra de Carbono em Vácuo?

Responder
pedro carvalho
Sargento-Chefe
Sargento-Chefe
Mensagens: 100
Registado: terça mar 13, 2007 4:49 pm
Localização: Montijo

Como trabalhar fibra de Carbono em Vácuo?

Mensagem por pedro carvalho » sexta abr 20, 2007 3:31 pm

Alguém tem algumas luzes se tal é possível "de forma caseira"?
Ou quem me falou nisto está querer confundir-me?
:?

Segundo me disseram é o que está dar.. :shock: :shock:

Cumprimentos

Pedro F. Carvalho

pedro carvalho
Sargento-Chefe
Sargento-Chefe
Mensagens: 100
Registado: terça mar 13, 2007 4:49 pm
Localização: Montijo

Porque..

Mensagem por pedro carvalho » sexta abr 20, 2007 3:44 pm

Porque é que tou com a sensação de fiz umas das perguntas mais disparatadas que alguma vez fiz... :roll: :roll:

Acho mesmo que "enrolaram"... :roll:

Avatar do Utilizador
pjesus
Almirante
Almirante
Mensagens: 7307
Registado: quinta ago 10, 2006 10:21 am
Localidade: Sobreda
Localização: Parede
Contacto:

Mensagem por pjesus » sexta abr 20, 2007 3:46 pm

Não enrolaram nada. Há quem o faça de forma caseira, sim, o único problema é o sistema de puxar o ar...

O processo (caso não conheças):
por cima da fibra impregnada com resina põe-se um tecido com "micro-furos", por cima desse um tecido absorvente e finalmente um plástico que é vedado ao redor da superfície a fibrar (com fita dupla-face, p.ex.)

Até aqui tudo bem (tirando o material que é caro).

A parte pior é esta:
O plástico final deve ter uns 'pipos' (devidamente vedados) que serão ligados a uma bomba de vácuo para chupar todo o ar que está por baixo do plástico.
Pelo que sei que há quem use um aspirador forte ou um compressor "invertido".
Não sei exactamente que tipo de inversão é, acho que tenho aí um link, vou procurar.

A questão é que para maior parte dos usos fica dispendioso (e nem sei onde arranjar o material, o que eu usava vinha de refugo)

Avatar do Utilizador
camarao1962
Sargento-Chefe
Sargento-Chefe
Mensagens: 106
Registado: domingo jun 18, 2006 9:06 pm
Localização: Santo Andre(BARREIRO)

vacuo

Mensagem por camarao1962 » domingo jan 13, 2008 4:12 pm

boas, para quem não tem bem a noção de como fazer, um motor de um frigorifico dá, com o tubo invertido dá para fazer, porque o motor tem um tubo que puxa o ar e outro que empurra .

camarao

Thomas.S
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante
Mensagens: 98
Registado: quinta jun 28, 2007 8:04 pm
Localização: Sao Paulo, Brasil

Mensagem por Thomas.S » domingo jan 13, 2008 5:09 pm

Teve uma discussao em um forum de aeromodelismo sobre bombas a vacuo para moldes:

http://www.e-voo.com/forum/viewtopic.ph ... sc&start=0

Avatar do Utilizador
jorge Camilo
Sargento-Mor
Sargento-Mor
Mensagens: 117
Registado: sábado jun 03, 2006 1:53 am
Localização: Torres Vedras

Mensagem por jorge Camilo » domingo jan 13, 2008 8:30 pm

Boa noite

De facto as dicas anteriores praticamente cobrem as partes mais importantes

De ter em atenção que, quando utilizamos uma bomba de vácuo, devemos ter em atenção, que por vezes o vácuo obtido, pode danificar as peças a moldar ou o próprio molde utilizado ( peças em esferovite por exemplo, peo que se deve providenciar a colocação de uma válvula de ajuste, que permita regularizar o vácuo ideal ( por exemplo, as vávulas que regulam os tubos de soro utilizados nos hospitais.)

O papel perfurado ou poroso é fundamental para regularizar, dentro do involucro, a pressão do vácuo
Marblehead - IOM - MM - Footy e tudo o que seja bonito de navegar

Avatar do Utilizador
Flysafe
Comodoro
Comodoro
Mensagens: 1366
Registado: sábado jul 12, 2008 11:09 pm
Localidade: Lisboa
Localização: Lisboa

Mensagem por Flysafe » domingo jul 20, 2008 1:09 am

Olá,

No vácuo usam-se vários tipos de tecidos para além de outros produtos de preparação dos moldes,não, os tecidos seja o peeply o plástico perfurado ou o tecido absorvente não têm a função de regularizar a superfície mas sim podermos tirar o excesso da resina e no fim podermos retirar esse excedente que ficou no tecido.

Chama-se Bomba de vácuo, o motor do frigorífico dá para trabalhar em espaços curtos de tempo e temos que ter o cuidado de não deixar secar o óleo que neste caso serve para arrefecer. Eu já fiz vários moldes para reproduzir em carbono e em fibra de vidro e nunca parti nenhum e a minha bomba de vácuo vai até -0,95 bares, claro que tem que haver um certo cuidado e como se faz as coisas para que dentro da medida do possível corram sempre bem.

Se for peças de esferovite o vácuo vai esmagar e esferovite, se for esferovite laminado com balsa não convem apertar muito porque senão os cantos vão ficar esmagados, isto claro dependendo da densidade do esferovite.

Imagem

Imagem


Abraços Jlopes

Avatar do Utilizador
Flysafe
Comodoro
Comodoro
Mensagens: 1366
Registado: sábado jul 12, 2008 11:09 pm
Localidade: Lisboa
Localização: Lisboa

Mensagem por Flysafe » quinta jul 24, 2008 11:03 pm

Olá,

Venho aqui mostrar como é a minha bomba de vácuo pois na imagem não dá para perceber muito bem, é um equipamento relativamente simples de funcionar não tem reservatório de óleo, duas cabeças e onde se vê a ventoinha de arrefecimento tenho umas grelhas para não acontecer o pior, dá para fazer vácuo até 0,95bares negativos, deixem que lhes diga que é mais que suficiente para as nossas coisinhas.


Imagem


Bem quanto ao carbono é necessário ter um certo cuidado pois ele condutor, por isso cuidado quando estiverem a mexer na electricidade e no carbono principalmente quando se está a cortar com um dremel ou alguma ferramenta eléctrica e ela parece que começa a ter vontade própria, está na hora de dar uma asupradela no equipamento .
Quanto a mim um dos únicos inconvenientes para trabalhar com o carbono, para além do seu preço, é a comprar de um boa tesoura para o cortar de modo a que não se puxe linhas.

Caso seja necessário ajuda em alguma coisa digam que se estiver ao meu alcance ajudo com muita satisfação.

Abraços Jlopes

Manuel Ribeiro
Grumete
Grumete
Mensagens: 1
Registado: quarta set 10, 2008 3:39 pm
Localização: Tocha
Contacto:

Fornecedores

Mensagem por Manuel Ribeiro » quarta set 10, 2008 4:02 pm

Caríssimos,



Sou por este meio a apresentar-me como profissional de engenharia, que pretende efectuar testes e fabricação de protótipo de peças em fibra de carbono.



Assim, solicito o favor de me indicarem documentação técnica sobre o processo, assim como os fornecedores da fibra de carbono, resinas, etc.

Grato pela atenção,

Permitam-me que os considere com estima e consideração.



Manuel de Jesus Ribeiro

Tel.: 962727838

E-mail: ribeiro.fundiven@mail.telepac.pt

Carlos Mariano
Almirante
Almirante
Mensagens: 3828
Registado: domingo out 09, 2005 11:41 pm
Localidade: Cascais
Contacto:

Mensagem por Carlos Mariano » quarta set 10, 2008 5:04 pm

:neutral18:

Carlos Mariano
Almirante
Almirante
Mensagens: 3828
Registado: domingo out 09, 2005 11:41 pm
Localidade: Cascais
Contacto:

Mensagem por Carlos Mariano » quarta set 10, 2008 7:44 pm

Engenheiro Artmar,nesse primeiro link que apresentou a linguagem do forum é um dialeto ,não parece ser em crioulo ,mas ...... :lol:

Avatar do Utilizador
Flysafe
Comodoro
Comodoro
Mensagens: 1366
Registado: sábado jul 12, 2008 11:09 pm
Localidade: Lisboa
Localização: Lisboa

Mensagem por Flysafe » quarta set 10, 2008 8:06 pm

Olá,

Não acrescentar nada ao que foi dito encontra-se tudo na net, procurar, paciência, procurar e mais um pouco de paciência.

Abraços Jlopes

Responder