Electromagneto

Responder
Avatar do Utilizador
Helderluiss
Almirante
Almirante
Mensagens: 3034
Registado: sexta nov 18, 2005 1:00 pm
Localidade: Palmela
Localização: Palmela
Contacto:

Electromagneto

Mensagem por Helderluiss » segunda jan 22, 2007 3:37 pm

Para os experts da matéria não haveria possibilidade de criar uma coisa destas compacta o suficiente para ser instalada num pontão.

Os barcos eram então providos de cabos de amarração com uma pequeno terminal metálico e ao ligar e desligar o electromagneto proceder-se-ia de forma automática à amarração e libertação destes.

Avatar do Utilizador
Helderluiss
Almirante
Almirante
Mensagens: 3034
Registado: sexta nov 18, 2005 1:00 pm
Localidade: Palmela
Localização: Palmela
Contacto:

Mensagem por Helderluiss » segunda jan 22, 2007 3:37 pm


Avatar do Utilizador
Miguel Parente
Almirante
Almirante
Mensagens: 4388
Registado: quarta ago 30, 2006 3:46 pm
Localização: Penedo/Sintra
Contacto:

Mensagem por Miguel Parente » segunda jan 22, 2007 3:49 pm

És bruxo, ou quê???
No último encontro em S. Pedro, o Carlos Silva (toda a vida trabalhou nisso) propôs a ideia de um electroimã!
Explicou o princípio base desse sistema e combinámos, em tempo certo, tentar aplicar isso no cais...
Veremos, mas entretanto venha lá o desenvolvimento deste tema para se começar a pensar no que é necessário, pois não "pesco" nada disso...

Avatar do Utilizador
Helderluiss
Almirante
Almirante
Mensagens: 3034
Registado: sexta nov 18, 2005 1:00 pm
Localidade: Palmela
Localização: Palmela
Contacto:

Mensagem por Helderluiss » segunda jan 22, 2007 3:52 pm

Não é bruxo :D , quando ai estive ai com voces também lancei a ideia.


Agora gostava de a ver desenvolvida ;-)

Avatar do Utilizador
PAULO PEREIRA
Vice-Almirante
Vice-Almirante
Mensagens: 2403
Registado: quinta mar 02, 2006 11:20 am
Localização: Povoa Sta Iria

Re: Electromagneto

Mensagem por PAULO PEREIRA » segunda jan 22, 2007 3:58 pm

Helderluiss Escreveu:Para os experts da matéria não haveria possibilidade de criar uma coisa destas compacta o suficiente para ser instalada num pontão.

Os barcos eram então providos de cabos de amarração com uma pequeno terminal metálico e ao ligar e desligar o electromagneto proceder-se-ia de forma automática à amarração e libertação destes.

Sim sim apoio e subscrevo por cima :mrgreen:
Knights Of The Sea Everyone admires a PT man!

Avatar do Utilizador
Miguel Parente
Almirante
Almirante
Mensagens: 4388
Registado: quarta ago 30, 2006 3:46 pm
Localização: Penedo/Sintra
Contacto:

Mensagem por Miguel Parente » segunda jan 22, 2007 3:59 pm

Não me lembrava... :oops:
Vamos lá ver se o Carlos Silva diz qualquer coisa, senão entro em contacto com ele por MP, pra começarmos a desenvolver isso neste tópico.

É que, da última vez, levei um imã que coloquei no cais: A chapa estava no rebocador "Dickie" (aqueles de meia-bola e força), mas foi um bocado complicado por causa de acertar as alturas e as superfícies de contacto.

Resulta, mas...

Avatar do Utilizador
Helderluiss
Almirante
Almirante
Mensagens: 3034
Registado: sexta nov 18, 2005 1:00 pm
Localidade: Palmela
Localização: Palmela
Contacto:

Mensagem por Helderluiss » segunda jan 22, 2007 4:13 pm

Tenho estado a ler alguns sites e a coisa não parece complicada de fazer, na realidade parece até bastante fácil.

Problemática e a força produzida e provavelmente a energia despendida.

Também sou uma nódua neste campo por isso :oops: passo ao proximo :|

Rui Martins
Capitão de Mar-e-Guerra
Capitão de Mar-e-Guerra
Mensagens: 611
Registado: terça nov 07, 2006 1:18 am
Localização: Polima-S.Dos. de Rana

Mensagem por Rui Martins » segunda jan 22, 2007 5:49 pm

A forma de resolver os problemas das diferenças de altura entre os barcos e o pontão é colocando um imã em cada barco e o lateral do pontão, por exemplo todo recoberto com uma chapa onde o magneto irá agarrar (atrair). Mas depois como é que se solta o barco?

Com o electromagneto no pontão haveria um problema, que seria, quando mais barcos estiverem atracados ao desactivar-se o electromagneto soltavam-se todos. A não ser que houvesse um electromagneto para cada um dos barcos atracados.

Por mim a solução seria, vários imãs ao longo do costado do pontão e junto a cada um um servo ou um electro magneto que actuava um mecanismo (tipo fecho eléctrico de porta) que empurraria o barco até este ficar fora do alcance do campo magnético que manteria o barco atracado, ou então recolheria o magneto para dentro do pontão distanciando-o do barco atraído.

Mas existirá sempre um problema que é o da colocação do magneto em local apropriado para atrair os diferentes tamanhos de barcos que irão atracar. Os barcos poderão ter um servo ligado a um fio com uma chapa metálica que desce até à altura do imã.

Tudo isto é polémico e discutível. É uma espécie de "storm brain" para se encontrarem soluções.

Não é pera doce!

Avatar do Utilizador
Miguel Parente
Almirante
Almirante
Mensagens: 4388
Registado: quarta ago 30, 2006 3:46 pm
Localização: Penedo/Sintra
Contacto:

Mensagem por Miguel Parente » segunda jan 22, 2007 6:12 pm

Artur Marques Escreveu: Mas como voçês gostam de complicar, que tal um bonequinho á escala, e articulado que lança-se um cabo para o cunho do pontão, um á proa e outro á popa.
Quem me dera!!!
Rui Martins Escreveu: Por mim a solução seria, vários imãs ao longo do costado do pontão e junto a cada um um servo ou um electro magneto que actuava um mecanismo (tipo fecho eléctrico de porta) que empurraria o barco até este ficar fora do alcance do campo magnético que manteria o barco atracado, ou então recolheria o magneto para dentro do pontão distanciando-o do barco atraído.
Foi isso que se falou lá no encontro.
Como o cais não é assim tão grande, bastavam 3: um de cada lado e outro à "proa".
Agora, será que isso é viável? Bom viável há-de ser sempre!!! O que interessa, é se valerá a pena!?

Se calhar, como diz o Artur, a dita cuja chapa (trabalhada, patinada e com uns rebites!, para complicar!... ):mrgreen: a forrar as paredes do cais e uns imãs escondidos nos pneus e/ou defensas.

Rui Martins
Capitão de Mar-e-Guerra
Capitão de Mar-e-Guerra
Mensagens: 611
Registado: terça nov 07, 2006 1:18 am
Localização: Polima-S.Dos. de Rana

Mensagem por Rui Martins » segunda jan 22, 2007 9:20 pm

Peço desculpa pelo "storm brain" o correcto é "brainstorm". Foi devido aos ventos ciclónicos e às baixas pressões. Tinha um pneu em baixo.

Voltando à vaca fria, sistema vai sempre funcionar e um pouco de dificuldade para atracar até é giro. Eu estava era a pensar em fazê-los sair. Mas como já se disse, um imã que poderá ser distanciado da chapa, mas mesmo assim fazendo tracção, só a necessária para que o barco não saia dali, e não é preciso muita força, mas que com a força do motor o consiga fazer.

Este assunto não é muito interessante. Ainda não se preencheram três páginas sobre ele e ainda não houve nenhuma discussão. :mrgreen:

Avatar do Utilizador
Helderluiss
Almirante
Almirante
Mensagens: 3034
Registado: sexta nov 18, 2005 1:00 pm
Localidade: Palmela
Localização: Palmela
Contacto:

Mensagem por Helderluiss » segunda jan 22, 2007 11:14 pm

Rui Martins Escreveu:Este assunto não é muito interessante. Ainda não se preencheram três páginas sobre ele e ainda não houve nenhuma discussão. :mrgreen:

Não sei não, acho que o interesse vai aumentar :mrgreen:

Imagem

Avatar do Utilizador
manel
Capitão de Mar-e-Guerra
Capitão de Mar-e-Guerra
Mensagens: 887
Registado: quarta nov 01, 2006 9:57 pm
Localização: Estoril

Mensagem por manel » terça jan 23, 2007 12:38 am

E que tal umas ventosas :mrgreen:
Iniciado ao Nautimodelismo

Carlos Mariano
Almirante
Almirante
Mensagens: 3828
Registado: domingo out 09, 2005 11:41 pm
Localidade: Cascais
Contacto:

Mensagem por Carlos Mariano » terça jan 23, 2007 12:40 am

Retirada
Última edição por Carlos Mariano em sexta mai 04, 2007 9:45 am, editado 1 vez no total.

Avatar do Utilizador
manel
Capitão de Mar-e-Guerra
Capitão de Mar-e-Guerra
Mensagens: 887
Registado: quarta nov 01, 2006 9:57 pm
Localização: Estoril

Mensagem por manel » terça jan 23, 2007 12:47 am

esses dois imãns, funceminan lindamente :idea: :xuxa:
Iniciado ao Nautimodelismo

Rui Martins
Capitão de Mar-e-Guerra
Capitão de Mar-e-Guerra
Mensagens: 611
Registado: terça nov 07, 2006 1:18 am
Localização: Polima-S.Dos. de Rana

Mensagem por Rui Martins » terça jan 23, 2007 1:03 am

Aí está ele de novo, em grande estilo. Bem vindo amigo.

Avatar do Utilizador
Carlos Silva
Capitão de Fragata
Capitão de Fragata
Mensagens: 462
Registado: sábado dez 23, 2006 10:07 pm
Localização: Alverca

Sobre Electroímans

Mensagem por Carlos Silva » terça jan 23, 2007 3:41 am

Apagado.
Última edição por Carlos Silva em sexta out 24, 2008 12:31 am, editado 1 vez no total.

Avatar do Utilizador
Carlos Silva
Capitão de Fragata
Capitão de Fragata
Mensagens: 462
Registado: sábado dez 23, 2006 10:07 pm
Localização: Alverca

Electroímans

Mensagem por Carlos Silva » terça jan 23, 2007 5:13 am

Apagado.
Última edição por Carlos Silva em sexta out 24, 2008 12:31 am, editado 1 vez no total.

Helder Ferreira
1º Marinheiro
1º Marinheiro
Mensagens: 21
Registado: quarta fev 01, 2006 10:50 pm
Localização: Setúbal

Mensagem por Helder Ferreira » terça jan 23, 2007 2:54 pm

Oi.

O problema com os elecroimans, e o consumo constante de energia, quando atracados. Supondo que existem varios locais de encosto no pontão, terá de se prever varios com o respectivo comando de ligar e desligar. A alternativa será, colocar no pontão, vários imans permanentes, todos com o mesmo pólo para fora (S ouN), estratégicamente colocados ao mesmo nivel da agua. No interior da embarcação posicionado no local de encosto ao pontão, coloca-se um iman "especial" com o polo oposto virado para fora. Quando, ao encostar, os polos se encontrarem, os imans atraem-se e a embarcação fica presa, sem consumo de energia.
Para desatracar, entra a função "especial" do iman montado na embarcação. Este iman é feito com um vulgar iman de barra com um enrrolamento de fio de cobre, como se de um elecroiman se tratá-se. Quando é energizado anula o campo do iman permanente, criando um pólo igual ao do pontão. Isto faz com que se liberte podendo de seguida ser desligado não consumindo mais energia. Outra vantágem é o comando feito pelo rádio da embarcação.
Qualquer esclarecimento, é só perguntar,

Cumprimentos,
Helder Ferreira.

Avatar do Utilizador
Carlos Silva
Capitão de Fragata
Capitão de Fragata
Mensagens: 462
Registado: sábado dez 23, 2006 10:07 pm
Localização: Alverca

Ímans permanentes

Mensagem por Carlos Silva » terça jan 23, 2007 5:28 pm

Apagado
Última edição por Carlos Silva em sexta out 24, 2008 12:29 am, editado 1 vez no total.

Avatar do Utilizador
Miguel Parente
Almirante
Almirante
Mensagens: 4388
Registado: quarta ago 30, 2006 3:46 pm
Localização: Penedo/Sintra
Contacto:

Mensagem por Miguel Parente » terça jan 23, 2007 9:59 pm

Boas,

Antes de mais OBRIGADO pelo esclarecimento, pois dos outros imans já eu vi muitos...
Helder Ferreira Escreveu:Este iman é feito com um vulgar iman de barra com um enrrolamento de fio de cobre, como se de um elecroiman se tratá-se. Quando é energizado anula o campo do iman permanente, criando um pólo igual ao do pontão. Isto faz com que se liberte podendo de seguida ser desligado não consumindo mais energia. Outra vantágem é o comando feito pelo rádio da embarcação.
Parece ser a solução!!!
Que energia será precisa? Chegarão os habituais 4,8v?
Qual a dimensão da barra? Existirá alguma "regra" de proporção? Explo: para x Kg ou para y cm de comprimento a barra terá que ter a dimensão z? Ou é ir experimentando?
Carlos Silva Escreveu:Helder eu já tinha pensado nessa soluçao, que é a melhor a meu ver.
Pensei numa hipotese dos ímans ficarem fiarem só dentro da accão das linhas de força criadas entre eles e depois um deles girava 180º e repelia o barco
Tinha posto o desenho de um electroíman, mas evaporou-se.
O fim e o resultado será o mesmo, mas de uma maneira diferente. Certo!?
Obrigada por toda a explicação técnica.
S.f.f. meta o desenho outra vez.

Portanto, se tivermos uma chapa no cais e um iman dentro do barco, o seguinte sistema também funcionará?:

Um servo (daqueles que vão restando lá por casa!!!) com um braço que tem um iman e o afasta ou aproxima do costado; quando está afastado "desatraca"; quando se aproxima "atraca".
Assim o gasto de energia será apenas o do movimento do servo.

O problema será a falta de espaço, em barcos mais pequenos, mas...

Saudações

Responder