Seminário sobre fabricação de velas

Responder
Avatar do Utilizador
pjesus
Almirante
Almirante
Mensagens: 7209
Registado: quinta ago 10, 2006 10:21 am
Localidade: Sobreda
Localização: Parede
Contacto:

Mensagem por pjesus » sábado mai 03, 2008 10:14 am

Carneiro, essa última vela que mostra é plana ou o 'saco' é dado pelo facto de a testa não ser uma linha recta?
Nas fotos não consigo ver bem.

Já agora... qual a diferença entre fazer o saco assim ou fazendo a vela com os gabaritos (aquelas peças de madeira "amendoadas")?

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Mensagem por carneiro » sábado mai 03, 2008 8:54 pm

pjesus Escreveu:, essa última vela que mostra é plana ou o 'saco' é dado pelo facto de a testa não ser uma linha recta?
Nas fotos não consigo ver bem.

Já agora... qual a diferença entre fazer o saco assim ou fazendo a vela com os gabaritos (aquelas peças de madeira "amendoadas")?
Caro PJESUS, o que se vê na última foto que afixei não é uma vela, ainda. Apenas fotografei o conjunto dos painéis que, depois de colados uns aos outros, então sim, hão-de começar a ser uma vela.
O saco vai ser introduzido pela utilização do molde cuja preparação ou fabricação referi no início deste tópico.

A seguir vou expor o processo de colagem dos painéis que tenho utilizado.

Respondendo à sua pergunta sobre a diferença entre introdução de saco na vela apenas através de curvatura na testa ou através, digamos, de "pinças" nos painéis (usando linguagem de costureira de vestidos), posso dizer-lhe, sinteticamente, que a introdução de saco apenas pela curvatura da testa é um processo muito ineficaz, comparado com o outro.

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Montagem dos painéis da vela

Mensagem por carneiro » sábado mai 03, 2008 9:14 pm

Há que fazer umas marcas de referência em cada painel, de modo a posicioná-lo correctamente em relação ao painel adjacente. Neste caso trata-se de um traço posicionado a 35% da corda do perfil da vela no local da "costura" isto é, da colagem dos dois painéis.
Porquê 35%, neste caso? Porque o perfil do molde que vamos usar tem a sua flecha máxima a 35% da corda. (O perfil tem a sua espessura máxima a 35% do seu "comprimento" a contar a partir do bordo de ataque, neste caso, a contar do lado da testa da vela.
Na foto a seguir vê-se a marca em questão no papel do desenho da vela.
Está junto ao bico da lapiseira.

Imagem

Aqui vemos a marca de referência no molde:

Imagem

Nas duas fotos seguintes vemos as marcas feitas nos painéis
Imagem
Imagem

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Montagem dos paineis

Mensagem por carneiro » sábado mai 03, 2008 9:40 pm

Colamos a fita de 6 mm dupla face na zona da "costura" do painel:Imagem
A seguir posicionamos o painel no molde:
Imagem

Atenção às marcas de referência!! Todos os paineis são posicionados no molde utilizando a marca de referência (alinhar a marca do painel com a marca do molde):Imagem

Posicionar o painel adjacente. Os paineis sobrepoem-se, neste caso, os 6 mm correspondentes à fita adesiva de 6 mm de dupla face que estamos a utilizar. Neste caso da foto, o painel à direita está sobre o painel da esquerda. A fita está colada sobre o painel da esquerda e está ainda com a película de transporte:Imagem

E agora retiramos a película de transporte, colando assim os dois paineis:Imagem

Repetimos esta operação para todos os paineis, colando-os.
Quanto tivermos todos os paineis colados, podemos dizer que temos a vela em painel.

Faltará cortar a testa, a valuma, a esteira... e fazer os acabamentos, isto é, introduzir os reforços, os ilhós e as réguas.

Serão cenas dos próximos episódios...

Herculano Lavrador
Grumete
Grumete
Mensagens: 7
Registado: domingo out 08, 2006 4:08 pm
Localização: Linda-a-Velha

Velas

Mensagem por Herculano Lavrador » sábado mai 03, 2008 10:55 pm

E eu tambem! e com muita atenção,como não pude ir ao curso, vou tentar agora , com os meus cumprimentos.

Avatar do Utilizador
Carlos Silva
Capitão de Fragata
Capitão de Fragata
Mensagens: 462
Registado: sábado dez 23, 2006 10:07 pm
Localização: Alverca

Mensagem por Carlos Silva » sábado mai 03, 2008 11:55 pm

Eu tb. estou a seguir a explicação do mestre, boa iniciativa. :neutral7:

Cumprs.
Imagem
-- Courageux ll --Cumprs. -- Rita SS

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Acabamento das velas

Mensagem por carneiro » domingo mai 04, 2008 10:32 pm

Já temos a vela em painel.
Agora vamos traçar a curva da valuma. Colocamos a vela sobre o desenho e, utilizando a régua em PVC, traçamos a curva. É o que se vê nesta foto:

Imagem

E nesta, noutra perspectiva:

Imagem

Depois de cortarmos a curva da valuma com um Xacto, vamos agora tratar da curva da testa. Usamos novamente a régua em PVC, para traçar a curva, colocando a vela sobre o desenho, assim:

Imagem

Aqui vemos outra perspectiva:

Imagem

Efectivamente a testa deverá ser traçada com uma ligeira curva, convexa, que tem a ver com a curvatura do mastro, quando este flecte.
No caso do Micro Magic, como em qualquer outro veleiro, a coisa dependerá do mastro que estamos a usar, da tensão que damos ao aparelho, etc e tal. Sugiro, à partida, uma curva em arco de círculo, com cerca de 2 mm de flecha.

Para o estai, a coisa é semelhante, no que diz respeito a traçar e cortar a valuma. Quanto à testa, a coisa é diferente. Jamais a curva da dita deverá ser convexa. Para o Micro Magic sugiro que seja traçada em linha recta ou com uma ligeira concavidade. Quanto à concavidade, como ponto de partida, sugiro uma curva em arco de círculo, com 1 mm de flecha.
Porquê a concavidade?? Com a força do vento, o cabo do estai vai arquear, mais ou menos em arco de círculo. Daí a razão de ser da testa cortada com uma ligeira concavidade... Assim a vela não de deformará quando o vento fizer arquear o cabo do estai...

Depois de traçada a linha da testa, trata-se de a cortar e de colar a respectiva fita de reforço. (Tanto na vela grande como no estai). Aqui surge uma questão filosófica, a saber: corta-se primeiro e depois cola-se a fita, ou cola-se a fita e corta-se depois???
Actualmente estou na fase "colar a fita primeiro, seguindo o traço feito na vela e, depois, cortar pelo traço.

Aqui nesta foto vemos a fita já colada e a vela já cortada. Qual fita?? A fita em Mylar, de 8mm de que se falou aqui neste tópico, lá mais atrás.

Aqui vai a foto:
Imagem

Não é fácil ver-se a fita, dado que é completamente transparente. Aqui vai outra foto onde se vê de facto a dita fita colada na vela:

Imagem

Aqui vemos o estai e a vela grande, em painel, esteira, valuma e testa cortadas, a fita de reforço da testa aplicada, aguardando o acabamento:

Imagem

E, entretanto, para descontrair do stress da operação de colar a fita de reforço da testa, vamos cortando os reforços em dacron para aplicar nos punhos:

Imagem

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Acabamento - colocação dos reforços dos punhos

Mensagem por carneiro » sábado mai 10, 2008 3:50 pm

Ora aqui estão os reforços dos punhos já colocados:

Imagem

Neste caso optei por colocar apenas dois reforços em cada punho da vela. Parece lógico que se coloque um em cada face da vela. Aqui nesta foto vemos que cada um dos dois reforços do punho está na sua face. Se optássemos por três reforços, seria lógico colocarmos o central numa face e os outros dois na outra:

Imagem

E agora a testa do estai. No Micro Magic opto por, em vez de uma bainha a toda a altura da vela, colocar apenas uns quantos garrunchos, por onde passará o cabo do estai.

Vamos então à fabricação dos garrunchos.
Utilizo a fita autocolante de spi, de que se falou atrás neste tópico.
Cortamos uma fita da dita, com 19mm de largura.
Porquê 19mm de largura??
Porque vou usar como referência visual a fita de mylar de 8mm de largura que já está colada na testa do estai.
Assim, 8mm numa face da vela + 8mm na outra face dá 16mm. Adiciono 3mm para a baínha propriamente dita (na qual vai passar o cabo do estai) e temos 19mm.

E cortamos outra fita com 3mm de largura, que tem a ver com a bainha propriamente dita.

Aqui na foto vemos a fita de 19mm e a de 3mm, já cortadas, ainda com as respectivas películas de transporte:

Imagem

Retiramos a película de transporte da fita de 19mm. A parte que tem a cola está virada para cima na mesa, evidentemente. Não queremos colar a fita na mesa !!!

Fixamos a dita fita na mesa com uns bocados de fita autocolante de papel, tal como se vê aqui:

Imagem

Seguidamente colamos na fita de 19mm, longitudinalmente ao meio, a fita de 3mm que preparámos. Aqui está a fita de 3mm colada (cola com cola, digamos assim) sobre a fita de 19mm:

Imagem

Após o que voltamos a colocar a película de transporte sobre a fita de 19mm:

Imagem

Porquê a baínha de 3mm preparada assim??.
Deste modo, ficamos com uma zona sem cola na baínha, quando colarmos os garrunchos na vela. Não só a baínha fica "aberta", mas vai também permitir a passagem do cabo do estai. Se tivesse cola, como faríamos passar o cabo??
Neste caso tem 3mm de perímetro na medida em que me parece ser um mínimo para conseguir enfiar uma agulha de costura na baínha, para fazer passar a linha do cabo de estai:

Após o que restará fazer cada um dos garrunchos cortando a fita assim preparada em bocados. Aqui está a dita, com uns traços a indicar os sítios dos cortes. Para o Micro Magic sugiro cada garruncho com 15 a 20mm de comprimento:

Imagem

E aqui estão os garrunchos prontos a serem colados na testa do estai. Neste caso vão ser 7 garrunchos:

Imagem

NunoP
1º Marinheiro
1º Marinheiro
Mensagens: 21
Registado: sábado jun 02, 2007 11:25 am

Mensagem por NunoP » sábado mai 17, 2008 3:54 pm

Ora aqui está uma excelente mostra da matéria que já recebemos no curso organizado pelo mestre Carneiro.

Quem não esteve no curso pode assim aprender.

Um grande obrigado pela iniciativa

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Acabamento das velas

Mensagem por carneiro » sábado mai 17, 2008 4:06 pm

Para facilitar a colagem , previamente dobro os bocados ao meio, fazendo um vinco:

Imagem

Seguidamente colo-os na testa do estai, numa das faces da vela, usando como referência visual a fita de mylar de 8mm que lá está:

Imagem

Após o que, virando a vela para o outro lado sobre a prancha de trabalho, acabo de colar os garrunchos na outra face da vela:

Imagem

Entretanto ainda faltam alguns detalhes na vela grande e as réguas em ambas as velas.
Vamos colar uns pequenos reforços na testa da vela grande, usando o tecido de spi autocolante. Trata-se de reforços nos sítios das "costuras" que juntam os painéis. Simultaneamente vai ser nestes reforços que depois vamos fazer um furo através do qual passarão as filaças para envergar a vela no mastro.
Neste caso optei por uma estética em triângulo. Também poderia ser, por exemplo, em semicírculo:

Imagem

Aqui vemos um reforço já colado na ssua posição. Convém colá-lo na face da vela oposta àquela em que está a fita de mylar de 8mm:

Imagem

Aqui está uma vista geral do posicionamento destes reforços na vela grande:

Imagem

Já estamos perto do final!!
Só falta colocar as réguas e os ilhós e ainda pintar o emblema da classe e o número de vela, se tencionamos fazer regatas!!

Será o assunto de próximos episódios

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Colocação das réguas

Mensagem por carneiro » domingo mai 18, 2008 12:39 pm

Agora vamos colocar as réguas.
Para fabricar réguas podemos usar uns bocados de acetato, por exemplo, daquelas folhas A4 que nas lojas que fazem fotocópias utilizam para fazer capas para documentos encadernados ou quaisquer outros bocados de acetato que encontremos com a espessura e flexibilidade que pretendemos.
Colamos no acetato a fita cola dupla face de 6 mm que utilizámos para colar os paineis das velas, e assim podemos colar as réguas de acetato nas velas.
Todavia, nestas velas que estou aqui a fazer, vou usar o material vendido para o efeito pelo Bantock.
Podem encontrar em www.sailsetc.com , no botão "Products" , depois "Sails" e depois "Materials". É o item BM-T. Trata-se de uma chapa de fibra de vidro autocolante, que traz uma película de transporte. Cortamos a régua que pretendemos, com o XActo, e colamos na vela.

Aqui nesta foto vemos a dita chapa e umas tiras para réguas já cortadas:

Imagem

Depois de colada a régua na vela, há que aplicar uns reforços nas extremidades da régua, para que esta não descole da vela quando esta bater com força pela acção do vento.
Para estes pequenos reforços usamos a fita autocolante de tecido de spi:

Imagem

Aqui nesta foto vemos melhor os reforços nas extremidades da régua:

Imagem

O reforço do lado da valuma vai colar-se na vela na outra face desta, isto é, na face oposta àquela em que está a régua. Deste modo, estamos também a reforçar a "costura " entre os dois paineis da vela, contribuindo para que não se descolem quando a vela bater com o vento. Aqui nesta foto vemos a face da vela oposta à da régua e o reforço a aparecer. O reforço está colado à régua, depois "dá a volta à valuma e cola-se na outra face da vela" :

Imagem

Está quase!!
Já só falta colocar os ilhós e pintar o emblema e os números...

hdpinto
Grumete
Grumete
Mensagens: 10
Registado: quinta out 11, 2007 1:26 am
Localização: setubal

velas

Mensagem por hdpinto » quarta mai 28, 2008 2:40 pm

Espetacular lindas velas um dia ainda ei-de fazer umas velas assim para o meu MM tenho umas feitas por o Sr.Neves que me ajudaram a melhorar em muito o meu andamento mas esse material deixa-me com a pulga a traz da ourelha. Obrigado Sr. Carneiro por colocar a sua sabedoria mais uma vez ao dispor de todos o que contribui em muito para o almeto das performances dos nossos MM

OBRIGADO
MM POR 18
Bons ventos

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Colocação dos ilhós e da numeração

Mensagem por carneiro » quarta mai 28, 2008 11:14 pm

Para colocar os ilhós nos punhos das velas utilizo os ilhós referidos lá mais atrás neste tópico, bem como o respectivo punção.
Para colocar o ilhó há que fazer previamente um pequeno furo na vela.
Para fazer o furo utilizo um arame de clip de escritório, afiado na ponta com uma lima. Aqueço-o ao rubro na dita ponta, num bico do fogão da cozinha e, tentando manter a mãozinha firme, faço o furito na vela, para posterior aplicação do ilhó.
Também servirá um ferro de soldar, se for um com a ponta a acabar em bico... só que não gosto de sujar o ferro de soldar com qualquer coisa que não seja solda ou o ácido para estanhar... enfim... manias.
No caso do MM só coloco ilhós nos punhos.
Para as filaças ao longo da testa da vela, limito-me a passá-las com uma agulha de costura, a frio, sem colocar ilhó.

Aqui nesta foto vemos um ilhó colocado:

Imagem

Já so faltam os números de vela, emblema da classe e letras de nacionalidade, se for o caso.

Utilizam-se canetas de feltro com tinta "indelével", isto é, aquelas que se compram normalmente nas papelarias para usar em acetatos. Efectivamente a tinta não é indelével, porque podemos apagar utilizando, por exemplo, álcool.
Podemos utilizar escantilhões, como o que se vê na foto para o algarismo 4, neste caso feito com um bocado de pacote de leite (este era de leite magro, mas pode ser meio gordo, ou gordo... embora para a generalidade da malta que anda nos MM eu recomende o leite magro...)

Imagem

Atenção a um detalhe!!
Há que respeitar as regras da classe quanto ao posicionamento do emblema e dimensão das letras de nacionalidade e dos números.
Não esquecer que os números e as letras de nacionalidade, na face de estibordo da vela, têm que ficar acima dos da face de bombordo!!!
Trata-se de um protocolo estabelecido há muitos anos nas regras de regata à vela internacionais!!

E, finalmente, está pronta a nova capação de Micro Magic!!

Resta envergá-la e experimentá-la.

Para ver esta agora concluída, ou alguma "irmã" em acção, os interessados poderão ir ver o Campeonato Nacional de Micro Magic em Coimbra, no Mondego, nos dias 7 e 8 de Junho de 2008

Imagem

Avatar do Utilizador
Carlos Silva
Capitão de Fragata
Capitão de Fragata
Mensagens: 462
Registado: sábado dez 23, 2006 10:07 pm
Localização: Alverca

Mensagem por Carlos Silva » quinta mai 29, 2008 12:27 am

Carneiro, apesar de ter assistido ao 1º curso e de ter seguido este atentamente, o que me serviu para acentar ideías, fiquei com uma dúvida, ( já não é muito mau :D ) quando no último post diz;
Para as filaças ao longo da testa da vela, limito-me a passá-las com uma agulha de costura, a frio, sem colocar ilhó.
Não sei se é pelo termo utilizado mas fiquei um pouco a leste, se puder dar mas uma achega sobre este ponto agradecia.

Agradecido por partilhar com todos os seus conhecimentos sobre este tema, quase tabú, no modelismo naútico. Muitos Parabéns :neutral7: :neutral7: :neutral7:

Cumprs.
Imagem
-- Courageux ll --Cumprs. -- Rita SS

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Dúvida

Mensagem por carneiro » quinta mai 29, 2008 7:43 pm

Carlos Silva Escreveu:
Para as filaças ao longo da testa da vela, limito-me a passá-las com uma agulha de costura, a frio, sem colocar ilhó.
Não sei se é pelo termo utilizado mas fiquei um pouco a leste, se puder dar mas uma achega sobre este ponto agradecia.
Caro Carlos Silva:
Fico contente por saber que há parceiros que acham algum interesse no que tenho vindo aqui a expôr.
Quanto ao que chamei filaças:
Trata-se daquelas, digamos, argolas feitas com o mesmo cabo das escotas ou do estai (enfim, feitas com linha) ou feitas em arame bastante fino (no kit completo de compra do Micro Magic vêm em arame) que servem para "fixar" ou "agarrar" a testa da vela grande ao mastro.
O que eu disse ali atrás é que, no caso do Micro Magic, não vale a pena estar a colocar ilhós metálicos nos sítios da vela onde vamos querer colocar as ditas filaças. Basta furar a vela com uma agulha e passá-las pelos buracos. Convém é que no local destes buracos a vela tenha um reforço. (No caso das velas que mostrei aqui, são aqueles reforços triangulares...)

M.Neves
1º Subsargento
1º Subsargento
Mensagens: 66
Registado: domingo mai 21, 2006 9:37 pm

Supra

Mensagem por M.Neves » sexta mai 30, 2008 3:34 pm

Simplesmente, impecável !

Avatar do Utilizador
Carlos Silva
Capitão de Fragata
Capitão de Fragata
Mensagens: 462
Registado: sábado dez 23, 2006 10:07 pm
Localização: Alverca

Mensagem por Carlos Silva » sábado mai 31, 2008 2:37 am

Carneiro, obrigado pelo esclarecimento da minha dúvida.

Tenho a certeza que muitos companheiros do forúm têm vindo ver este tópico mas como devem ser esclarecidos na matéria, ou por outro tipo de razões não põe dúvidas. :D
Por outro lado o tópico está muito bem conseguido e bem detalhado, com todas as explicações claras e precisas, será talvez também por isso a razão de ser, das poucas dúvidas.
Mais uma vez, muitos parabéns :neutral7: :neutral7: :neutral7:

Cumprs
Imagem
-- Courageux ll --Cumprs. -- Rita SS

Manuel Sá
Capitão-Tenente
Capitão-Tenente
Mensagens: 300
Registado: terça out 24, 2006 10:55 pm
Localização: Feijó - Almada

velas

Mensagem por Manuel Sá » segunda jun 02, 2008 10:52 am

Depois de ter frequentado o curso, agora perante o detalhe e a qualidade
com que foi feita esta apresentação, só posso dizer

:neutral7: :neutral7: :neutral7: EXCELENTE :neutral7: :neutral7: :neutral7:

Obrigado António Carneiro
MM "POR 50" - "Zinha" (ch 61 - 35.010)

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Complementos

Mensagem por carneiro » domingo jun 22, 2008 6:37 pm

Aqui vai um artigo que eu acho muito interessante, onde se pode recolher uma série de complementos sobre a matéria que tem vindo aqui a ser tratada.
Está em francês...afinal o autor é francês, portanto é natural que ele escreva a coisa em francês!

http://v4.minicoque.com/index.php?optio ... 84&catid=2

carneiro
1º Sargento
1º Sargento
Mensagens: 86
Registado: sábado dez 30, 2006 10:02 pm
Localização: Lisboa

Matéria prima

Mensagem por carneiro » terça jul 01, 2008 11:37 pm

Afinal, toda esta história do "seminário sobre fabricação de velas" começou com a formação de um grupo de compradores de película de polyester, (no verão de 2007...) dada a dificuldade em adquirir a coisa.

Tenho continuado à procura do "produto".
Em "posts" anteriores, neste tópico, referi o "site" francês da Bilboquet, onde se pode comprar bom material, mas um bocado carote, para dizer o mínimo. Mas que é bom, é!

Indico agora aqui outro "site" que encontrei e que acho que vale a pena explorar. É um fabricante inglês de velas para modelos RC, mas que vende a matéria prima (não é como outros que fazem um completo segredo da coisa...)

O endereço é www.pjsails.co.uk.

Ver o catálogo (catalogue) e no dito, ver "velas" (sails) e aí, na página 9, lá está a película, em espessura de 23 micron, de 36, ou de 50 micron, e parece que o homem vende a metro!

Responder