INVERSÃO DE SERVOS

Responder
Luís Tavares
Capitão-Tenente
Capitão-Tenente
Mensagens: 317
Registado: terça out 11, 2005 11:19 am
Localização: Lisboa
Contacto:

INVERSÃO DE SERVOS

Mensagem por Luís Tavares »

Este pequeno apontamento é destinado a iniciados, pois para quem sabe qualquer coisinha da electrónica associada ao hobby, não há aqui novidade nenhuma.
Apesar de os rádios de hoje, mesmo os básicos, fazerem a inversão de servos, há algumas situações em que dava jeito ter um servo INVERTIDO.
Há duas soluções, a mais vulgar é comprar no mercado um inversor, que fica montado entre o servo e o receptor, e pronto, o nosso servo fica a trabalhar ao contrário. Mas como o circuito não é passivo, temos um novo elemento a consumir corrente na linha do servo, e portanto a “roubar” um pouquinho de torque; e ao adicionar um elemento em série com o servo, estamos a aumentar a probabilidade de falha nesse canal. Mesmo que não queiramos dar importância a estes dois pontos, há outro: lá vão mais uns $$$... que podem ser poupados.
Então, munam-se de um ferro de soldar de ponta fininha (20 a 30W máx) e algum atrevimento e vamos a isto:
1.Abrir o servo, com o necessário cuidado para não desmontar os carretos de transferência. Se o servo o permitir, desmontem só a base da caixa. Se tiverem que desmontar os carretos, convém fazer um desenho para servir de guia na remontagem.
Precisamos de ver os pólos do motor e os do potenciómetro. Já estão à vista?
Então:
2.Inverter a polaridade do motor -dessoldar os fios que vão aos pólos, e soldá-los em posição inversa;
2.Inverter o potenciómetro - dessoldar os fios que vão aos terminais dos extremos, e soldá-los em posição inversa; o terminal do meio fica como estava.
3.Remontar cuidadosamente o servo.
E pronto, o nosso servo está invertido, não aumentámos mais módulos nem cabos à instalação, não gastámos dinheiro.
Luís Tavares
catman
1º Marinheiro
1º Marinheiro
Mensagens: 21
Registado: quinta out 20, 2005 11:18 pm

Mensagem por catman »

OK ja que estamos a falar de servos eu tenho uma pequena duvida, ao usarmos a placa do servo como variador estamos limitados ao motor de origem, sera possivel intercalar FET's entre a placa e o motor, de modo a aguentar um consumo de corrente maior.
Alguem me pode indicar um esquema ?
Luís Tavares
Capitão-Tenente
Capitão-Tenente
Mensagens: 317
Registado: terça out 11, 2005 11:19 am
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagem por Luís Tavares »

catman Escreveu:... ao usarmos a placa do servo como variador estamos limitados ao motor de origem...
Catman, o meu amigo deixou-me numa completa dúvida:
Usar a placa como variador - variador de quê? Variador de velocidade de um motor eléctrico? Não é isto, pois não? Então é o quê?
Luís Tavares
catman
1º Marinheiro
1º Marinheiro
Mensagens: 21
Registado: quinta out 20, 2005 11:18 pm

Mensagem por catman »

Pois por acaso ate e isso, o que eu quero e aumentar a capaciadde de corrente que a placa suporta de modo a trabalhar com maior margem.

Lembrei-me disto pois estou a construir um Mini-z e queria usar o minimo possivel e gastar o material que tenho em casa.
Luís Tavares
Capitão-Tenente
Capitão-Tenente
Mensagens: 317
Registado: terça out 11, 2005 11:19 am
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagem por Luís Tavares »

À parte a corrente suportável pela placa de controlo, não estou a ver como é que esse tipo de circuito faz variar tensão de alimentação de um motor.
Se fosse a si, não perdia tempo com este assunto, e comprava um variador.
Prefere fazer um? Tem ideias em: http://www.uoguelph.ca/~antoon/circ/circuits.htm
Boas soldaduras,
Luís Tavares
Responder